Tags

Ainda da série “ganhar presente é bom demais!”, eu posto aqui mais um presente  tudo a ver com o blog, dessa vez ganho no Natal.

Meu marido não é daqueles super românticos, que manda flores e chocolates sem ver por que. Nem daqueles que lembram datas e deixam bilhetinhos. Se eu gosto disso? Claro que não! Mas é o jeito dele e eu o amo mesmo assim.

Só de vez em quando eu tenho que dar uma cutucada, uma indireta, porque senão ele passa batido mesmo em datas como aniversário e Natal, as principais para mim. E aí ele se supera!

Na manhã do dia 24, ele saiu com Cacau, nossa filha mais velha. Fiquei com a Bibi em casa preparando a ceia. Lá pelas tantas ele me liga: “você prefere um tablet ou um celular?” (abre parênteses: esqueci-me de dizer que ele também é ZERO surpresa – rsrsrs. Fecha parênteses). Respondi: “Um celular” (abre parênteses de novo: meu celular era um Nokia básico, dois chips. Nem câmera tinha, para terem uma idéia. Eu tinha um blackberry antes, mas abri mão para usar um mais conveniente para mim, pois não sou daquelas que carregam dois celulares – tenho dois chips – nem sou tão antenada em tecnologia assim. E optei por celular porque já tenho um tablet e quase não o uso. E meu marido é da área de TI, vai entender… fecha parênteses de novo).

Assim que chegaram a nossa casa, Cacau correu para me entregar o presente. Eu disse a ela para colocarmos debaixo da árvora de natal, que à noite abriríamos. E assim foi. Na hora da entrega dos presentes, eu fui a última. Eu já sabia que era um celular, mas não sabia qual. E como o tamanho parecia o de uma caixa de perfume, eu brinquei que era isso. Minha mãe achou legal e quando eu mostrei para os meus irmãos, todos riram. Minha mãe peguntou: “É bom?”. E os meninos, às gargalhadas, disseram: “O melhor” – rsrsrs

Para minha surpresa, era um Samsung Galaxy III, azul, lindo! Como mexe nisso???

SGIII_1             SGIII_2

No dia seguinte coloquei-o para carregar e fui começar a entendê-lo. Fácil. Não pude usar ainda a função celular, porque requer um microchip. Os meus eram chips comuns.

Um dos primeiros aplicativos que baixei, adivinhem??? My Disney Experience! Muito bom!!! Mas falarei mais dele no próximo post.

Agora tô efetivamente imersa na tecnologia. Se estou gostando? Não, tô amando!!!

Saudações mickeyras ºoº

Anúncios